Jurassic World – Opiniões

Jurassic World – Um filme pelo qual me andava a babar desde que vi o primeiro trailer. Não só por trazer de volta Jurassic Park – uma das minhas sagas cinematográficas preferidas – mas também por, finalmente, poder ver dinossauros em toda a glória do santificado IMAX!

Pois bem, fui ver o filme… E não gostei. Desiludiu-me.

Sim senhor, pontos positivos para Chris Pratt, para o humor (em grande parte associado ao Sr. Pratt), dinossauros a rodos (incluíndo Mosassauros! Imaginem um réptil aqúatico com 17 metros de comprimento e 6 toneladas de peso! Vejam o trailer, acima, para terem uma ideia do bichito que era), e para aquela cena final de pancadaria pré-histórica.

Para ser perfeitamente sincero, quando vi o trailer aquela cena do Chris Pratt a dar ordens a um grupo de 4 Velociraptors como se de cãezinhos se tratassem deixou-me um bocadinho de pé atrás.

E confirmei os meus receios.

Há cenas, envolvendo interacções de dinossauros com dinossauros e dinossauros com pessoas, que são de bradar aos céus. Mesmo sendo ficção científica, um filme de acção e um blockbuster de verão puro e duro (filme pipoca, que não puxa de forma alguma pelo neurónio) e, claramente, um filme que tem todos os elementos que, por norma, aprecio, pedem-me para acreditar em coisas demasiado exageradas – e que não vou referir para não spoilar nada a ninguém!

O Jurassic Park original apostava na mesma premissa, mas fazia-o de forma muito mais inteligente e muito menos exagerada e até credível. Até nos leva a acreditar que a criação de dinossauros através da genética é perfeitamente possível – bem como as consequências, retratadas no sobejamente conhecido filme do Mestre Spielberg. Raios, até o segundo e terceiro filmes conseguem mais credíveis que esta nova entrada na saga.

Talvez a culpa esteja nas variadíssimas revisões do guião a que o filme esteve sujeito – que em muito contribuíram para o atraso de 10 anos na estreia do filme (que estava inicialmente previsto para 2005) – que levaram a esta sensação de exagero, “over the top”, falta de “credibilidade” dos principais “plot points” (o maior deles com 15 toneladas…).

O certo é que deixei o cinema desiludido. Apostei no regresso, em grande, desta saga e as expectativas saíram goradas. Pior: estão previstas, pelo menos, duas sequelas. Se este já foi o que foi, nem quero imaginar os próximos.

Dou-lhe duas estrelas e meia… Sendo que as duas são pelo Chris Pratt!

PS: Já disse que o filme tem a Bryce Dallas Howard? A sério? Não havia ninguém melhor? Em 5 palavras: “100 metros em saltos altos”.
PS2: Nem tudo fui mau, valeu pelos trailers do Terminator Genysis e Ant-Man!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.